Weby shortcut
TopoCentralAnalítica2

Análise de RMN

A espectroscopia de Ressonância Magnética Nuclear é uma ferramenta fundamental para qualquer tipo de pesquisa que envolva compostos químicos para o seu desenvolvimento, consequentemente para o avanço do conhecimento da Química e de várias áreas da ciência. Alguns exemplos de sua aplicação são: caracterização do perfil químico-farmacológico de plantas medicinais; caracterização das estruturas químicas produzidas por laboratórios de sínteses orgânicas e inorgânicas, preparação e modificação de materiais poliméricos, cerâmicos e compósitos, etc.; na análise de alimentos; no controle de qualidade de combustíveis; na determinação da estrutura tridimensional de peptídeos, etc.

O Laboratório de RMN, está equipado com um espectrômetro BRUKER, modelo Avance III de 11,75 Tesla, (500 MHz para frequência do hidrogênio), contendo as seguintes sondas:

o   Duas sondas para amostras líquidas - 5 mm com detecção inversa, multinuclear;

o   Uma sonda para amostras líquidas - 5 mm com detecção direta, multinuclear;

o   Uma sonda para amostras sólidas - 4 mm, multinuclear;

o   duas sondas para amostras “semi-sólidas (HR-MAS) – 4 mm, para os núcleos 1H, 13C, 31P e 15N;

 

 

RMN

 

Listar Todas Voltar